Dieta sem glúten cardápio

Quem está em busca de um método saudável para emagrecer já deve ter ouvido falar sobre a dieta sem glúten no cardápio. Uma dieta poderosa que oferece a possibilidade de enxugar medidas em poucos dias, se sentir mais alerta e sem aquele peso no estômago que permanece por longos períodos. O que mais surpreende quem adere a esse tipo de dieta é a possibilidade de comer mais e mesmo assim emagrecer.

Para quem ainda tem dúvidas sobre a eficácia desse tipo de dieta e como montar um cardápio sem glúten (já que parece onipresente nos alimentos) deve continuar lendo. Estamos oferecendo todas as respostas e dicas incríveis para você ter uma dieta sensacional e completa. Nada como manter a sua silhueta enxuta sem glúten! Então vamos começar agora mesmo essa dieta?

Afinal, o que é glúten?

Muito se tem falado sobre glúten nos últimos tempos, contudo, nem todo mundo sabe exatamente o que é essa proteína. A primeira coisa que surpreende as pessoas é descobri que glúten é uma proteína e não um carboidrato. Essa proteína é formada pela combinação de dois grupos de proteínas que são a glutenina e a giladina que estão presentes em alimentos como grãos dentre os quais estão cevada, centeio e trigo.

A proteína presente no trigo é muito difícil de digerir e há algum tempo era vista como proibida somente para os celíacos (pessoas que apresentar intolerância a glúten), contudo, com o passar do tempo os médicos começaram a restringir essa proteína na alimentação de mais pessoas que estavam em busca de se manter mais saudáveis.

Estudos demonstraram que o glúten que permanece no organismo sem ser digerido cai na corrente sanguínea a acaba desencadeando um processo inflamatório que resulta em ganho de peso. Sabendo disso fica fácil entender porque um cardápio sem glúten é tão eficiente em eliminar os quilinhos extras.

Alimentação rica em glúten reflete os tempos modernos

Com o ritmo de vida cada vez mais acelerado é fácil compreender porque as pessoas têm apostado em alimentos mais rápidos de preparar no seu dia a dia. As massas aparecem no topo da lista dos alimentos incorretos que fazem parte da alimentação cotidiana. A dieta sem glúten propõe substituir esses alimentos por outros que são mais saudáveis e que não contam com essa proteína de maneira a deixar o prato mais favorável para um corpo mais bonito. O que mais deixa as pessoas contentes com esse tipo de dieta é o fato de que elas podem emagrecer comendo em grande quantidade.

Sugestões de cardápio para dieta sem glúten

Café da manhã

Suco verde

Um dos grandes aliados de uma dieta saudável propensa para o emagrecimento.

Dica de receita de suco verde 1

Ingredientes

2 maçãs pequeninas e que estejam descascadas

4 folhas de couve

1 colher de biomassa de banana

Você deverá passar na centrífuga as massas e a couve. Na sequência bata com a colher de biomassa.

Dica extra - Quem for bater as massas e a couve no liquidificador deverá adicionar um pouco de água.

Para completar o café da manhã você deve adicionar uma fatia de bolo a sua escolha sem farinha.

Dica de receita de suco verde 2

Ingredientes

2 folhas de couve

1 fatia de abacaxi

1 pedaço de gengibre

1 pouco de hortelã

1 copo de água

1 colher de sopa de biomassa de banana

Bata todos os ingredientes juntos e seu suco estará pronto.

Para completar o seu café a dica é adicionar uma tapioca de mussarela de búfala.

Pequeno lanche da manhã

Opção 1

Uma fatia de uma fruta (pode ser melancia, melão, manga ou outra) + 1 castanha-do-Pará.

Opção 2

1 potinho de iogurte natural desnatado com frutas vermelhas.

Almoço

Opção 1

3 colheres de sopa de arroz integral (você pode dar um sabor especial com gergelim)

2 colheres de sopa de feijão preto

2 colheres de espinafre que deverá estar levemente refogado em alho

1 filé grelhado de uma carne magra

1 prato de sobremesa de salada de folhas verdes que poderá estar temperado com azeite extravirgem, sal e aceto balsâmico.

Opção 2

2 colheres de arroz branco (novamente a dica do gergelim)

2 colher de sopa de lentilha

1 filé médio de peixe que deverá estar assado

1 prato de sobremesa de salada de folhas e tomatinhos cereja temperada com azeite extravirgem, sal e aceto balsâmico.

Pequeno lanche da tarde

Opção 1

1 banana que deverá ser assada junto com uma colher de café de coco ralado e canela se desejar.

Opção 2

Biscoitos sem glúten e café ou suco (se for adoçar use adoçante).

Jantar

Opção 1

2 colheres de biomassa de banana verde

1 prato de sobremesa de salada de chuchu com cebola

1 prato de sopa de abóbora com um toque de gengibre (o prato pode ser fundo).

Opção 2

2 colheres de brócolis cozido no vapor

1 prato de sobremesa de uma salada feita com grão-de-bico temperada com molho de iogurte

1 filé médio de peixe que deverá ser grelhado.

Ceia

Opção 1

1 copo de suco de uma fruta a sua escolha

2 amêndoas e 2 castanahas-do-Pará

Dicas extras

- Incremente o seu cardápio

Com as dicas que demos acima você já percebeu que existe uma grande variedade de possibilidades para montar um cardápio de dieta sem glúten, não é mesmo? Pois use a sua criatividade para incrementar esse cardápio, faça novas combinações entre os alimentos e experimente novos sabores.

- Treine seu paladar

Uma curiosidade é que no começo você pode sentir que seu paladar está um pouco anestesiado, isso porque quando consumimos por muito tempo alimentos com glúten e industrializados acabamos não sentindo o sabor real do que estamos comendo. Com o passar do tempo você descobre uma série de sabores novos, até mesmo alimentos como chuchu que levam a fama de serem sem sabor passam a ter um gostinho especial.

- Receita de biomassa de banana

Falamos tanto sobre a biomassa que é interessante que expliquemos como fazê-la:

As bananas (com casca) deverão ser bem lavadas. Encha uma panela de pressão até a metade com água e coloque as bananas dentro dela. Espere até que comece a cozinhar e então abaixe o fogo e espere 10 minutos. Não abra a panela, espere que a pressão seja desfeita sozinha. Então descasque as bananas e bata a sua polpa no liquidificador, é importante fazer isso com as bananas ainda quentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *